Carnaval pode virar sinonimo de sustentabilidade!

Ao térmico do bloco, sempre nos deparamos com poças de líquidos que não identificamos e lixo, MUITO LIXO. Quem é do Rio deve lembrar do Carnaval onde a Comlurb estava em greve. Foi um Caos total. Então, se juntar isso com uma cidade lotada de gente.. já dá para imaginar que a sustentabilidade da folia que não é muito boa, né?

Com isso em mente, resolvemos pesquisar e descobrir algumas dicas básicas para diminuirmos o impacto festa generalizada no meio ambiente. O que acham? Vamos?

Garrafinha ou Latinha?

SEMPRE latinha! Atualmente reciclamos cerca de 98% de todas as latinhas produzidas. Porém, reciclamos apenas 40% das garrafas de vidro. As long necks parecem uma boa opção? Não. O vidro é pesado, os catadores podem se ferir, pouquíssimas fábricas reciclam e devido ao peso e risco, o transporte fica caro. Isso complica ainda mais no carnaval, já imaginou cortar seu pé no meio de um bloco?

Peixes se atraem com o brilho!

Amamos purpurina, claro! Mas.. já pensou sobre o impacto que vários quilos desse pozinho brilhante têm no meio ambiente? O mais tradicional é o glitter, da papelaria mesmo, que na verdade é um plástico, microscópico. Logo após o banho, este brilho todo vai para o esgoto, por ter até cinco milímetros de diâmetro, o microplástico não consegue ser filtrado e cai nos oceanos. Eles entram para a cadeia alimentar ao serem ingeridos por peixes e até por humanos. De acordo com um estudo de 2015, existem de 15 a 51 trilhões de micropartículas nos mares afetando a vida marinha. Se o estudo de 2015 já apontava isso, imagina em 2019? Desesperador, né? Mas espera ai, temos umas soluções para você não perder o brilho! Utilize Mica, um mineral colorido que não causa danos em nosso organismo e muito menos ao meio ambiente. Você também pode optar pelo glitter biodegradável. Existem várias marcas disponíveis no mercado, inclusive Brasileiras. Pesquisa por Bioglitter no google! 🙂

Menos embalagem, mais cascas!

Entre os pulos de bloco em bloco, precisamos comer, não é? Que tal diminuirmos o lixo produzido e, ao mesmo tempo, queimarmos calorias que colocamos para dentro? Você poderá sempre substituir salgadinhos e biscoitos de pacotes, por nuts, frutas ou um sanduíche feito em casa. Não deixe de acondicionar tudo em sua Bolsa Térmica barbell (merchan, né gente? 🙂 ) Seu corpo agradece, o meio ambiente agradece e nós também agradecemos.

Jogue seu lixo no lixo mesmo.

É triste, mas é real. Ainda precisamos falar sobre isso nos dias de hoje.. Não custa lembrar, né? A prefeitura de cada cidade costuma deixar latões espalhados por todos os locais onde haverá bloco, maaaas, caaaaso você não encontre uma próximo no momento, segure um pouquinho, com certeza você achará um local para descartar corretamente o seu lixo. Isso não custa nada, é isento de impostos e você garante que sua cidade ficará mais limpa, o que acha?

Gostaram do nosso post? Deixe nos comentários sua dica também. Assim atualizaremos este post com novas dicas.
Manteremos mais ativamente essa parte do nosso site, com mais matérias interessantes. Não percam! 🙂


Equipe barbell Brasil

Matérias autorais barbell Brasil
Dicas, informações e conhecimentos gerais.

Todos os Posts do Autor

Privacy Preference Center